Atuação de egressos no enfrentamento ao COVID-19

Para reforçar a linha de frente no combate ao COVID-19, profissionais Egressos
do Centro Universitário Inta (UNINTA) se inscreveram na ação “Brasil Conta
Comigo”, criada pelos ministérios da Saúde e Educação para inserir, temporariamente,
acadêmicos que já estão no final da graduação e Egressos nos atendimentos do Sistema
Único de Saúde (SUS) do país.
Os Egressos convocados são oriundos dos Cursos de Enfermagem, Medicina,
Farmácia e Fisioterapia do UNINTA. Caso sejam chamados, poderão atuar na Atenção
Primária à Saúde, Unidades de Pronto Atendimento (UPA), estabelecimentos da rede
hospitalar ou estabelecimentos de saúde voltados ao atendimento aos Indígenas,
comunidades quilombolas e comunidades ribeirinhas, de acordo com a indicação da
iniciativa.

DEPOIMENTO

“Inicialmente não foi uma escolha fácil, durante o preenchimento do formulário
de inscrição ficou aquela dúvida, eu vou ou não? Porém o amor ao próximo, à
necessidade de exercer minha profissão, no qual eu sei que fui bem capacitada na
graduação pelo UNINTA, e ter a possibilidade de salvar o maior número de vidas
possíveis, de ser útil na vida de alguém, servir ao meu país como uma cidadã disposta a
ir à luta e fazer jus ao meu juramento, falou mais alto do que o medo que consumia
naquele momento.
O medo de ser acometido pelo COVID 19 com grande incidência e proliferação,
medo de sair da minha cidade, do conforto do meu lar, da presença dos meus filhos, dos
meus pais, mas era e é preciso sair da Zona de Conforto e ir à luta, enfrentar, combater e
vencer vírus.
Desde a primeira ligação no qual não foi informado em qual território brasileiro
íamos ser recrutados, começou aquela ansiedade gigantesca, primeiramente meus pais
me apoiaram, fui criticada por uma minoria, mas eu pensava comigo mesma, meu Deus
me dai sabedoria para que eu possa escolher o melhor caminho seguir, e eu escolhi
servir primeiramente a Deus, e depois ao meu país e aos brasileiros que estão
necessitando dos meus serviços como FISIOTERAPEUTA.

No segundo momento recebi todas as informações sobre onde ia trabalhar e
morar, que será o Hospital Universitário Federal do Amapá - HU UNIFAP, na unidade
de terapia intensiva (UTI).
Ao chegar em Macapá fomos bem recepcionados e podemos ver que
necessidade de mais profissionais e a abertura do HU era de extrema urgência e
importância para o estado, que a união de uma equipe multiprofissional pode fazer total
diferença para combater e vencer o COVID-19.
Contudo por mais que eu relate, jamais poderei descrever a sensação de que é
esta na linha de frente junto com uma equipe composta por mais 180 profissionais de
diferentes estados e culturas. A ultima pandemia que tivemos foi em 1918, a mais de
século, e saber que além de salvar vidas, vou fazer parte da historia, mostras que a
FISIOTERAPIA tem valor é inenarrável é indescritível, como disse a enfermeira Juliana
Brazão “Essa é a guerra das nossas vidas, nunca haverá na nossa geração uma batalha
como essa, então quem seremos no fim dela é a resposta que buscaremos.”

Maria do Livramento Oliveira Dias
FISIOTERAPEUTA CREFITO 229620-F
(TURMA 13 2016.2)

Além da Fisioterapia, alguns dos Egressos do Curso de Enfermagem, foram:
- Amazonas
SAMIRA HIRLÂNDIA CARVALHO - Turma 16.
- Amapá
FRANCISCO LEANDRO DE CARVALHO ALCÂNTARA - Turma 17;
EMERSON REINALDO NASCIMENTO ARAÚJO - Turma 33;
KARINA DE BRITO MAGALHÃES - Turma 35;
PRISCILA DA SILVA AMÉRICO - Turma 35.